O Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental (CAISM) foi inaugurado em 30 de outubro de 1998, no mesmo local do antigo "Hospital Psiquiátrico da Vila Mariana", fruto da parceria entre a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Neste convênio, enquanto o patrimônio pertence ao Estado, a administração fica aos cuidados da Irmandade.

 

O CAISM é um serviço terciário, ou seja, caracteriza-se por intervenções de maior complexidade. Seu projeto original, replicado em outros locais, foi elaborado pelos Departamentos de Psiquiatria e de Medicina Social da Santa Casa de São Paulo.

 

O Centro, atende pacientes não só de sua região, mas também de todo o município bem como do Estado de São Paulo.

 

O serviço do CAISM se caracteriza pelo atendimento aos seus pacientes em quatro níveis de atenção:


• Ambulatório;

• Hospital-dia;

• Internação;

• Emergência Psiquiátrica.

 

As áreas cobertas pelo serviço estão assim distribuídas:


• Psiquiatria Geral;

• Psiquiatria Infantil;

• Unidade de Idosos;

• Unidade de Álcool e Drogas;

• Psicoterapia;

• Emergência Psiquiátrica.

 

O atendimento na maior parte das áreas é multidisciplinar, realizado por médicos, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogo e nutricionista.

 

Cada equipe é responsável por um determinado contingente populacional que varia em torno de 300 a 800 pacientes ao mês, distribuídos nos quatro níveis de atenção.  Esta equipe acompanhará o paciente em todos os estágios do tratamento.

 

O principal objetivo do tratamento é a Reabilitação Psicossocial do paciente, e dessa forma, tentar diminuir as reinternações e a recidiva de sintomas, além de favorecer o estabelecimento de habilidades sociais perdidas ou então não desenvolvidas devido o transtorno mental. Na medida do possível, tenta-se a inserção social, seja em atividade profissional, na família e/ou em outras redes sociais.

 

Ao longo dos anos, o CAISM foi diversificando seu leque de atuação e além das áreas tradicionais da Psiquiatria, hoje conta com outras modalidades de atendimento as quais destacamos abaixo:


• Atualmente é referência em pesquisas sobre Neuromodulação.

• Iniciou recentemente as atividades de ambulatório, especialmente voltadas a população LGBTQIA.

• O CAEF, é um projeto oriundo de parceria entre o CAISM e a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) do Estado, voltado ao atendimento de pacientes egressos dos Hospitais de Custódia do Estado, e que por isto, necessitam de atendimento diferenciado para voltar de forma saudável ao convívio familiar e social.

• A Unidade de Referência em Autismo Prof°. Marcos Tomanik Mercadante, inaugurada em 2014, funciona em prédio anexo ao CAISM, sendo referência para o tratamento de pacientes portadores dos transtornos do espectro autista de todo o Estado de São Paulo.
 

Os princípios de Manejo de Caso norteiam as intervenções terapêuticas no CAISM. Neste modelo de atendimento, um membro da equipe multiprofissional é designado como Técnico de Referência. Este profissional torna-se responsável pela coordenação e organização dos cuidados dispensados ao paciente. Este modelo permite que sejam alocados recursos terapêuticos específicos para a necessidade de cada paciente, visando maior eficiência e racionalidade do tratamento como um todo.

 

CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRADA À SAÚDE MENTAL

Rua Major Maragliano, 241
Vila Mariana - CEP 04017-030 - São Paulo/SP
 11 3466-2100
SAC: sac.caism@santacasasp.org.br